Dom Pedro exalta atuação da Comunidade Padre Pio em prol dos prediletos de Deus

O bispo da Diocese de Santo André, Dom Pedro Carlos Cipollini, recebeu no dia 7 de agosto, membros da Comunidade Padre Pio para um diálogo sobre o balanço dos trabalhos em prol dos mais carentes e excluídos da sociedade. Os membros partilharam a alegria de servir os pobres e pessoas em situação de rua.

Dom Pedro comentou sobre a importância deste trabalho junto aos pobres de Jesus e o acompanhamento da Igreja neste trabalho.

“É importante para todos nós vivermos a fé em contato com os mais necessitados. Não é uma opção sociológica, mas exigência teológica. É reconhecer-se mendigos de salvação, irmãos e irmãs de todos, mas especialmente dos pobres, prediletos do Senhor. Continuem fazendo esse lindo trabalho”, conclama.

O encontro aconteceu na sede da Cúria Diocesana, no Centro da cidade andreense, e reuniu o fundador da comunidade, Moisés dos Anjos; o missionário e formador da CPP, Rogério Melo; o diretor espiritual da CPP, Pe. Vagner; e o vigário episcopal para Pastoral, Pe. Joel Nery.

Reformas na Chácara

Moisés comentou sobre as reformas na Chácara Cidade dos Anjos, que fica localizada na Estrada da Xiboca, 12, Bairro Zanzala, no Riacho Grande, em São Bernardo. As obras acontecem graças aos colaboradores e amigos da providência da Comunidade.

Por sua, vez, Pe. Vagner destacou a alegria de atuar nesta obra de misericórdia, ao levar o Sacramento da Eucaristia, semanalmente, aos pequeninos de Jesus.

Já Rogério relatou que, semanalmente, acontecem catequese e formação com temas variados sobre dependência química e alcoolismo, na Comunidade. Ele ainda comentou a realização quinzenalmente da Pastoral de Rua, em São Bernardo.

8º Plano de Pastoral

Três itinerários do 8º Plano Diocesano de Pastoral estão presentes nos trabalhos desempenhados pela Comunidade Padre Pio: o Itinerário 1, que fala da convivência e oração comunitária, fortalecendo o sentimento de pertença e comunhão na vida comunitária; o Itinerário 3, que traz ações que buscam a conversão para o acolhimento por meio do fortalecimento das estruturas para bem acolher; e o Itinerário 8, que tem como objetivo suscitar ações solidárias.

Sobre a Comunidade Padre Pio

A “Comunidade São Pio de Pietrelcina – Casa de Alivio ao Sofrimento”, designada simplesmente “Comunidade Pe Pio”, fundada em 18/04/2009, é uma associação civil, de cunho religioso, âmbito nacional e Utilidade Pública Federal, sem fins lucrativos, de caráter educacional, assistencial, beneficente e cultural, com prazo de duração indeterminado, com sede na Estrada da Xiboca nº12 Zanzala – Riacho Grande, São Bernardo do Campo – São Paulo.

Os membros (missionários, consagrados e leigos) doam suas vidas, seus corações e suas ações aos irmãos acolhidos em situação de rua, que buscam a restauração. Para isso é oferecido uma oportunidade organizada e estruturada, para que cada um possa se ajudar através do seu esforço e persistência a reencontrar a própria dignidade.

Missão

A missão da Comunidade São Pio de Pietrelcina – Casa de Alivio ao Sofrimento é a concretização do carisma ACOLHER, o qual dá a forma evangelizadora, que tem como fim a restauração cristã, firme e permanente da sociedade. As ações e testemunhos são pilares das edificações do Reino de Deus na Terra.